sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Até quando destruiremos nossas matas...

... com a desculpa do progresso?


Até quando? Até quando derrubaremos árvores centenárias, destruiremos ecossistemas, expulsaremos animais dos locais onde vivem para dar lugar ao progresso da nação?

Antes de começar a postagem em si, devo apresentar alguns dados importantes. Nosso país é o segundo em cobertura vegetal do mundo, perdendo somente para a Rússia. Aproximadamente 200 mil quilômetros quadrados de floresta são desmatados por ano no Brasil. 80% da extração de madeira na Amazônia ocorre de forma ilegal. A Mata Atlântica perdeu aproximadamente 93% de sua cobertura original. 67% do bioma do Cerrado foi modificado. A Caatinga teve sua vegetação reduzida pela metade (aproximadamente 500 mil hectares são devastados por ano). 

Assustadores esses dados não? Bom, para mim são assustadores! É incompreensível imaginar que devastamos tanta floresta e ainda existe pessoas que declaram que "ainda tem muita mata, pode derrubar mais um pouquinho". Quanta floresta perdemos para que novas cidades surgissem? Quantas matas perdemos por irresponsabilidade de pessoas que acham melhor a queimada para limpar um pasto? Muitas árvores foram derrubadas para a pecuária. Outras centenas de milhares foram derrubadas para agricultura. Milhares derrubadas para construção de hidrelétricas. Quantos biomas, ecossistemas deixaram de existir por causa disso? Esse é o preço do progresso?

Bem... o preço desse progresso já vivenciamos de mais. Poluição é um exemplo desse preço. Catástrofes por causa das mudanças climáticas é outro. E ainda mais já observamos o desmatamento desenfreado que ocorre atualmente no Brasil. Foi reduzido esse desmatamento? Foi, mas ainda não é o suficiente.

Não posso deixar de falar sobre outras influências que existem por trás do desmatamento. O trabalho escravo (por incrível que pareça ainda existe escravidão no Brasil) é algo que está por trás do desmatamento ilegal. Sem contar o mercado negro de madeiras de qualidade, que é uma das grandes razões e motivos do alto índice de desmatamento.

Nossas cidades cada vez mais avançam sobre a mata e por consequência temos a devastação para que possa suprir as necessidades do crescimento urbano, como por exemplo a construção de Usinas Hidrelétricas, construção de barragens para armazenamento de água potável, desmatamento de grandes áreas para a agricultura e pecuária, e tantas outras coisas.

Por quanto tempo mais nos importaremos menos com o meio ambiente e mais com o progresso? Devemos pensar cada vez mais de forma sustentável e agir com consciência quando se trata do meio ambiente X desenvolvimento.



Referência de pesquisa:
Dados: Mundo Educação

0 comentários:

Postar um comentário

Todos os comentários necessitam de aprovação!

- Sugestões, críticas e/ou elogios escreva para: geografandoemfoco@gmail.com
- Siga no Twitter: @GeoemFOCO ou @Italocvs